sábado, 20 de junho de 2009


O livro “O dia em que a mata ardeu “de José Fanha com ilustrações de Maria João Gromicho inspirou as professoras e os alunos do 7ºB e E, elementos do Clube da Floresta d’Água para a criação de um teatro de sombras chinesas que foi apresentado aos alunos do 7º e 5º ano na Biblioteca Escolar, no encerramento das actividades.
Um momento particularmente bonito quer pela mensagem em defesa do ambiente e preservação da Natureza quer pelas belas imagens que o teatro de sombras proporcionou.
Começava assim a narração expressiva e musicada da professora Raquel:
"No sítio em que eu moro, um pouco mais à frente, quando acabam as ruas e as casas, começa uma mata que gosto muito de visitar. Ali, tudo é bonito e verde, e eu até costumo dizer que é a minha mata. Minha, minha, não é. Isto é só uma maneira de dizer... Como toda a gente sabe, a Natureza não tem dono."
Só que, entretanto, aparece a família dos pássaros Bisnaus e uma coisa medonha acontece…
Um livro a ler!

quinta-feira, 18 de junho de 2009


Decorreu hoje a entrega dos prémios pelo Director aos alunos que participaram nas Olímpiadas Literárias dinamizadas pelas professoras que leccionaram Oficina de Letras. Os alunos tinham de responder com rapidez e correcção às perguntas acerca das obras "O Planeta Branco", "Os Piratas", "Trisavó de Pistola à Cinta", "Contos de Hans Christian Andersen", "A malta do 2ºC " e "Graças e Desgraças de El-Rei Tadinho" que lerem no decurso destas aulas.
Foram vencedores os alunos:
1ºlugar
Rafael Araújo e Beatriz Gomes - 6ºE
2ºlugar
Joana Matos e Edgar António - 6ºB
3ºLugar
Ana Daniela Calais e Ana Luísa Monteiro -6ºA
--------------
Decorreu ainda a entrega de prémios aos alunos que participaram no Concurso dos trava-línguas.
-----------------
"O concurso dos trava línguas foi muito bem organizado pelas professoras de Oficina de Letras.
Os trava-línguas foram engraçados. Houve muitas risadas. Parabéns aos vencedores: Hélio Peixoto e Pedro Magalhães do 6ºB e ao Rui Monteiro do 6ºF. Os outros participantes também se saíram muito bem.
O Director da escola entregou os prémios que foram oferecidos pela Associação de Pais."

Luís Henrique, 6ºA
Foram entregues também prémios aos melhores leitores.
Dramatização "Bela Infanta" pelos alunos do 6ºA
Sketches " A Good story", "The English Teacher", "A Good Match", "Cheese" apresentados pelos alunos do 7º A, B,D e E.

Dramatização "A Menina do Mar" pelos alunos do 5ºA
Teatro de Fantoches pelo 6ºC preparado nas aulas de Área de Projecto sob o tema do Tabagismo.

Top 25 - leitura domiciliária


Parabéns aos alunos com mais empréstimos domiciliários.
Bruna Filipa Gomes da Costa, 36 empréstimos
Diamantino Esteves Lima, 34
Helena Gomes Araújo, 32
Emília Pageaux Ferreira, 32
Natércia araújo Igreja, 27
Flávia Rafaela da Silva Fernandes, 27
Catarina araújo Machado, 25
Flávia sofia Fernandes Dias, 24
Adriana Catarina Silva Pimentel, 23
Lara Rafaela Gomes de Sousa, 22
Inês Isabel Dias Fernandes, 20
Ana Filipa Cunha de Sousa, 19
Mariana Santos Amorim, 19
Ana Catarina de Oliveira Araújo, 17
Ana Rafaela Martins Correia, 16
Filipa Gomes Gonçalves, 16
Gabriela Filipa Macedo Barbosa, 16
Ana Catarina Freitas da Costa, 14
José Pedro Sampaio Cunha, 14
Bruno Miguel Igreja Brandão, 14
Pedro Daniel da Costa Carvalho,14
Flávio da Silva Gonçalves, 13
Adriana Filipa Macedo Roriz Pinto,13
Ana Isabel Gomes Pereira, 13
Diana Dias Fernandes,13

quarta-feira, 17 de junho de 2009


Os escritores Maria do Céu Nogueira e Fernando Aldeia chegaram e trouxeram boa disposição e uma alegria contagiante. Assim foi este serão literário recheado de palavras ternas, doces e sábias.
Três belos contos " O Pão Dos Mortos", "A Calúnia" e "O Azar de Um Nome" da obra "Mais Perto do Céu" pela voz dos autores marcou um dos pontos altos deste encontro. A expressividade, o ritmo, a musicalidade dos contos cativou os presentes e certamente motivou todos para a leitura dos restantes contos desta obra.
"Logo que cheguei a casa(e não foi cedo) ainda li mais um conto ". Dito assim, na manhã seguinte, dispensam-se mais elogios à forma como os nossos convidados souberam seduzir para a leitura.
Bem hajam!
A breve História de Portugal

Portugal tornou-se
independente em 1143,
quem não souber esta data
não é bom português.

D. Afonso Henriques foi
o nosso primeiro rei
e também foi ele que fez
a nossa primeira lei.

Na época dos Descobrimentos
ganhamos muito dinheiro
e encheu-nos a todos
o porquinho mealheiro.

Os marinheiros diziam,
para passar o Bojador
era como se passassem
além da dor.

Tivemos muitas
formas de estado
mas em todas

o povo foi sempre roubado.

Rafael Araújo,6ºE

domingo, 14 de junho de 2009


Apresentação do livro"Mais Perto do Céu"de Maria do Céu Nogueira.

Dia 16 de Junho, pelas 21 horas, vai decorrer na Biblioteca Escolar a apresentação do livro da escritora, destinada a todos os alunos dos cursos EFA e comunidade educativa em geral. Neste evento contamos ainda com a presença do escritor Fernando Aldeia que fará a leitura de alguns contos desta obra.

Ao encontro de...Maria do Céu Nogueira


Maria do Céu Nogueira nasceu em Escariz S. Martinho, concelho de Vila Verde. Cedo adoptou Braga com segundo berço. Aí completou os seus estudos secundários e superiores com uma licenciatura no curso Filosófico-Humanístico na Faculdade de Filosofia de Braga (UCP).
Esteve no ensino aproximadamente quarenta anos leccionando, quase exclusivamente, Língua Portuguesa. Entre 1990 e 2005, fez parte da Associação Cultural e Literária «Autores de Braga» para a qual trabalhou sempre com grande paixão.
Como escritora, há muito que vem colaborando em vários jornais com textos de crítica literária e social, artigos de opinião, pequenas peças de teatro, contos, crónicas e poemas. Faz, semanalmente, a «Hora do Conto» dirigida a crianças e jovens de todas as idades, na Biblioteca Lúcio Craveira da Silva em Braga.
Tem editados: Histórias Doces de Missangas(1992), Duas mãos.Um Conto.Dois olhos(1998), Um Ponto, Artifícios de Fogo Preso (2001), Contos na Diferença (2003),Brincalendo (2006), Variações em Fantasia (2007), A um Deus Conhecido ( 2007), A Magia do Sonho (2008), Mais Perto do Céu ( 2009), Histórias, Memórias e Contos Tontos (2009) e é co-autora de muitas outras publicações.

Fernando Aldeia é o pseudónimo de Fernando A. Ferreirinha Antunes. Natural de Vinhais, onde nasceu a 3 de Janeiro, reside há muitos anos em Braga, onde estudou.
Sócio fundador da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro em Braga e do Rotary Clube de Braga – Norte, é membro da Associação Portuguesa de Escritores.
Foi realizador e apresentador de vários programas radiofónicos de carácter cultural, privilegiando as letras, artes, museus e a história de Bracara Augusta.
Foi também responsável pela formação e direcção de alguns grupos de teatro, tendo encenado peças de diversos autores consagrados.
Apaixonado pelas letras desde muito jovem, é admirador da obra de Miguel Torga, que tem revelado através da escrita e de palestras proferidas em vários locais.
Tem colaboração dispersa em jornais e revistas, com poesia, conto e crónica. Escritor e Poeta, publicou Entre Afectos e Memórias (1998) À Flor da Água (2000) Cada Espiga tem seu Grão ( 2001) entre outros títulos. Colabora, desde jovem, na imprensa falada e escrita, mantendo um olhar atento, crítico e carinhoso sobre os factos e lugares da nossa "Bracara Augusta", Actualmente, escreve com regularidade na secção Ideias do "Correio do Minho".
Prepara um novo livro que reúne crónicas publicadas em diversos jornais.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Cadernos, livros,
Lápis e caneta
Levo muitas cores
Mas a melhor é a preta

Escrevo textos
Faço testes
Que às vezes
São umas pestes

A minha escola é a
E.B. 2/3 do Cávado
Não vou lá ao domingo
Nem ao sábado

Nos intervalos
Fazemos de tudo
No outro dia até
Vimos um cão peludo


Bruno Magalhães,6ºE
Programa da Feira do Livro
Dramatizações "A Bela infanta" pelo 6ºA, "A menina do Mar" pelo 5ºA e "A Carochinha" pelo 6ºB.
Sketches pelas turmas A,B,D e F do 7º ano.
Olimpíadas literárias e Concurso de Trava-línguas pelos alunos do 6º ano de Oficina de Letras
Enterga de prémios aos melhores leitores.
Presença dos escritores Maria do Céu Nogueira e Fernando Aldeia no dia 16 às 21 horas no encontro com os alunos dos cursos EFA.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

A escola
A escola
Serve para aprender,
É onde te ensinam
A ler e a escrever.

Na escola
Podes brincar
E os amigos
Encontrar.

Podes também
Ir ao bar
Para pingue-pongue
Jogar.

Posso ir à biblioteca
Para um livro requisitar
Mas também posso
Na internet navegar.

Gosto muito de jogar futebol
Nem que dê muito sol.


Bruno Miguel Coelho Fernandes,6ºE

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dia Mundial do Meio Ambiente

USE MENOS. ACTUE MAIS

"Nós não herdámos a terra dos nossoa antepassados, pedimos emprestada aos nossos filhos"

Provérbio índio


quarta-feira, 3 de junho de 2009

Um amigo

Um amigo é do coração
A amizade numa canção.

Um amigo para brincar
Sempre pronto a ajudar.

Um amigo para crescer
Ajuda a Viver.

Um amigo para adorar
Com ele podes contar.

Uma amizade a nascer
Nada lhe consegue vencer.


Fábio Fontes,6ºE

terça-feira, 2 de junho de 2009

Inkheart - Coração de Tinta


Não percas este livro fantástico da escritora alemã Cornelia Funke já considerado um best-seller e que deu origem ao filme com o mesmo título.

"Um mundo mágico onde as aventuras vivem em cada página."

" Meggie é uma grande apreciadorada histórias e adoraria que o pai lesse em voz alta para ela. Mas ele não o faz há muitos anos, desde que a mãe desapareceu misteriosamente. O pai possui um dom especial: quando lê um livro em voz alta, as palavras ganham vida na sua boca e coisas e personagens das histórias saltam do livro para o mundo real. O pior é que quando algo salta cá para fora, alguém ou alguma coisa deste mundo entra para dentro do livro...Uma noite, quando já estava deitada, Meggie vê um estranho aproximar-se de casa e descobre que ele se chama Dedo de Pó e trata o pai pelo nome de Língua de Feitiço, e que ambos andam constantemente a fugir a um tal Capricórnio, que saíra de um livro. A partir daí, sucede-se um sem fim de desconcertantes aventuras, mistérios e muito suspense..."
Visita também o site oficial do livro Inkheart e vê a apresentação do filme que estreou em Abril deste ano.

video

"Mágoas da escola" de Daniel Pennac

Um livro para pais e professores deste conceituado escritor.

" Em Mágoas da escola, Daniel Pennac aborda os problemas da escola e da educação desde um ponto de vitsa insólito- o ponto de vista do mau aluno. Pennac que foi ele próprio um péssimo estudante, analisa a figura do cábula outorgando-lhe a nobreza que merece e restituindo-lhe a carga de angústia e dor que inevitalmente o acompanha. Misturando recordações autobiográficas e reflexões acerca da pedagogia e das disfunções da instituição escolar, sobre a dor de ser um mau estudante e a sede de aprendizagem, sobre o sentimento de exclusão e o amor ao ensino, Daniel Pennac oferece-nos, com humor e ternura, uma brilhante e saborosa lição de inteligência"