segunda-feira, 29 de junho de 2020

Sempre ligados

Declamação do poema "impressão digital" enviado pela Inês Maciel do 7.º C.


quinta-feira, 25 de junho de 2020

Fase Final das Olimpíadas da Leitura. 
No dia 23 de junho realizou-se a Fase Final das Olimpíadas da Leitura. Esta atividade, integrada no projeto aLer+, é promovida anualmente pela secção de português e pelos professores titulares de turma em articulação com a Biblioteca Escolar.
Este ano a prova assumiu um novo formato, na modalidade de videoconferência, e contou com a participação de vinte e oito alunos dos três ciclos de ensino, do 3.º ao 9.º ano de escolaridade.
Muitos parabéns a todos os participantes! 

Alunos Vencedores 

 3.º ano: Matilde Coelho Carvalho;  Soraia Barbosa Macedo 

4.º ano: Beatriz Gomes Semelhe;  Mariana Rodrigues Graça 

5.º ano: Letícia Ferreira Fernandes;  Sara Santos Fernandes 

6.º ano: Joana Portela Fernandes; Mara Araújo Martins  

7.º ano: Íris Correia Fernandes; Marisa Raquel Rocha Quintas 

8.º ano: Rita Francisca Dias Martins 

9.º ano: Ana Filipa Gomes;  Mariana Maria Pereira Araújo 

Em setembro, será entregue um certificado a todos os participantes e um prémio aos vencedores. 

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Sempre ligados

Sob proposta da professora de Português do 7.º ano, os alunos trabalharam à distância a escritora Alice Vieira. 
O desafio lançado permitiu realizar produto culturais digitais muito interessantes sobre esta autora. 
Hoje,  deixamos o trabalho muito especial do André Simões do 7.º D




 .

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Sempre ligados




Pelas alunas Inês Maciel e Beatriz Nogueira do 7.º C para a disciplina de Português.

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Sempre ligados

Com base no vídeo É tempo de parar, os alunos manifestaram as suas ideias a respeito das recomendações " É tempo de pensar em nós" e "em todos" e É tempo de parar", nas aulas de Cidadania em articulação da Biblioteca.

(Atividade sugerida pela RBE)

Made with Padlet

domingo, 10 de maio de 2020


Sempre ligados aos nossos utilizadores.

A Mara e a Mariana do 6.º A, enviaram-nos os seus comentário ao livro "Missão Impossível" de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada.



Esta obra é fantástica, pois está repleta de mistério, aventura e humor o que despertou a minha curiosidade desde o início.
A descoberta da carta, naquela noite de tempestade, é descrita de forma tão empolgante que me fez sentir viva e transportou-me para dentro do livro!
A celebridade Jorge Álvares cativou-me desde logo. Considero-o extraordinário! Um homem que nasceu pobre, adquiriu grandes conhecimentos, fez uma avultada fortuna e ficou tão famoso! Em Freixo de Espada à Cinta os seus conterrâneos ergueram-lhe uma estátua por ser um homem valente, pois viajou pelo mundo, em pequenas e frágeis embarcações. Fez muitos amigos navegadores incluindo um chinês e um padre franciscano. Mandou fazer umas garrafas especiais de porcelana fina, no Oriente, decoradas com motivos fantasiosos, que ofereceu aos amigos num jantar na sua casa de praia. Ainda hoje essas misteriosas garrafas existem, em museus, em vários países do mundo.
A passagem que mais me prendeu foi quando o Rodrigo e os amigos, no Museu de Macau, necessitaram de fazer o trio de força para o Pó de Fortuna se libertar, esta ação é plena de mistério e simultaneamente de muito humor. Achei tanta graça!
Este livro, apesar de abarcar temas relacionados com séculos passados, é muito atual. Faz um enorme apelo às novas tecnologias e incentiva as pessoas à pesquisa individual e em grupo, de forma a adquirirem muito mais conhecimento.
A amizade, a família e o multiculturalismo são trabalhados, nesta obra, de forma brilhante!
Recomendo esta obra a todos aqueles que gostam de viver fortes aventuras.

Mara

            
O livro Missão Impossível conta a maravilhosa aventura que o Rodrigo iniciou em Freixo de Espada à Cinta, nas férias da Páscoa, longe do ambiente metropolitano a que estava habituado. Esta aventura só terminou em Lisboa após muita pesquisa na Internet, discussão com alguns amigos que trabalharam cooperativamente com o Rodrigo, idas a museus e  viagens fantásticas.
Após o jantar levantou-se uma terrível tempestade e à luz dos relâmpagos a biblioteca onde se refugiou, como por magia, ganhou vida e num momento de transe o Rodrigo viu letras a saírem das lombadas dos livros e a voarem. Sentiu-se fascinado por todo o feitiço provocado pelos clarões, mas nem tudo foi ilusão, repentinamente encontrou no meio das páginas de um livro uma carta muito antiga destinada a Jorge Álvares que era uma personagem ilustre daquela cidade pelas façanhas que viveu por esse mundo fora na companhia de vários navegadores entre os quais um adivinho chinês. A carta falava de umas prendas repletas de enigmas que o Jorge Álvares tinha oferecido aos amigos num jantar que lhes ofereceu na sua casa de praia.
O desenrolar da história foi viciante e não controlei a vontade de vivenciar as viagens nela descritas, como tal, senti-me uma personagem da mesma de tão empolgada que estava.
Senti-me presa à leitura do início ao final da obra, porque além de falar de passagens históricas  importantíssimas havia uma  mistura de artefactos sobrenaturais e míticos como o “ pó de fortuna”, o “ Ch´I Llin”  e o“ Triângulo de força” que provocaram em mim uma vontade enorme se saber de que se tratava.
Esta obra fascinou-me, como tal, convidaria todos aqueles que gostam de desvendar mistérios a ler esta obra repleta de animais fantásticos e viagens deslumbrantes.
Mariana      

quinta-feira, 23 de abril de 2020





Vale a pena ouvir o podcast de Maria Barbosa do 7.º A e ler, de seguida, o comentário da Matilde Lobo de Oliveira, do 7.º B neste Dia Mundial do Livro sob proposta de trabalho da professora de Português em parceria com a Biblioteca.

“Avó e neto contra vento e areia", de Teolinda Gersão
           
Enquanto lia o conto “Avó e neto contra vento e areia” de Teolinda Gersão, que desconhecia até à data, sentia-me cada vez mais envolvida com a história após cada palavrinha lida, porque as palavras utilizadas pela autora, e a história em si, suscitam muito o interesse do leitor, o que torna o conto fabuloso.
               Quando comecei a ler, sentia frase após frase, que iria acontecer algo trágico, pois o título e a história sugeriam isso. Na parte em que a avó e o neto estão a nadar no mar, e ele afasta-se, pensei duas coisas, que todo o drama iria acontecer ali, mas pensei melhor, e avaliando a escrita da autora, pensei que esta não ia escrever algo tão banal,porque todos nós estaríamos à espera disso e também todos nós já lemos algo com um desenrolar do género, e o conto de Teolinda não nos iria conquistar.
               Entretanto envolvida em toda a leitura cheguei à frase que passo a citar “Até se levantar o vento.”, nesse momento senti como se todas as peças de um puzzle estivessem a encaixar-se dentro da minha cabeça, pois lembrei-me do título “Avó e neto contra vento e areia”, apercebi-me logo que algo iria acontecer nessa fase, pois eles estavam nas dunas, ou seja, eles estavam na areia e levantou o vento.
               Na luta da avó e do neto, nas dunas, contra a areia e o vento, mas não só, também contra memórias do passado e um espinho no pé. Neste momento pensei no pior para as duas personagens, mas algo dentro de mim dizia-me que a história iria nos surpreender, e na verdade, esse algo tinha razão ambas as personagens acabaram por ficar bem. Com este final de história a autora surpreende o leitor, pois hoje em dia somos muito pessimistas e pensamos sempre no pior.
               A escritora, deixou-me com vontade de ler mais obras suas, pois a sua escrita deixa-nos envolvidos ao longo de toda a história, não querendo parar de ler, e quando a história termina pensamos “Já acabou?”, e ficamos com vontade de ler mais. Também fiquei com vontade de ler mais pela maneira que a autora nos surpreende ao longo de todo o desenrolar da história.

Hoje, comemora-se o Dia Mundial do Livro 
Este dia é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que, segundo os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Cervantes e Shakespeare, entre outros. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha: a 23 de abril, dia de São Jorge, uma rosa é oferecida a quem comprar um livro. Mais recentemente, a troca de uma rosa por um livro tornou-se uma tradição em vários países do mundo.

sábado, 18 de abril de 2020



As eleições realizam-se na terça-feira, 21, entre as 8h30 e as 18h30. Só nesse dia, e nesse horário, é que os formulários estarão abertos e podes votar, através do link que te foi enviado.

Participa. É uma questão de Cidadania.

Eis o vídeo da Comissão Nacional de Eleições, que explica a diferença entre voto eletrónico e voto presencial: https://visao.sapo.pt/visaojunior/2020-04-16-voto-eletronico/

sexta-feira, 17 de abril de 2020




Relembrando Luis Sepúlveda

Partilhamos vídeo que a Inês enviou para a professora de Português sobre o livro " História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar."

Inês Maciel, 7° C

Que boa forma de ocupar o tempo! Um exemplo a seguir.

quarta-feira, 15 de abril de 2020

terça-feira, 14 de abril de 2020


A Rede de Bibliotecas Escolares disponibiliza  uma BIBLIOTECA DIGITAL com sugestões de trabalho, curadoria de conteúdos, instrumentos e tutoriais.
Aceder AQUI

sábado, 11 de abril de 2020

Grelha oficial do #EstudoEmCasa.
As aulas serão transmitidas pela RTP Memória, divididas em blocos, com horários diferentes, para os vários anos. Os conteúdos de apoio ao pré-escolar também estão contemplados, mas, neste caso, serão transmitidos na RTP2.

sexta-feira, 10 de abril de 2020

quinta-feira, 2 de abril de 2020

Dia Internacional do Livro Infantil - 2 de abril

Juntemo-nos ao Pedro Seromenho às 18 horas para ouvir a história que todas as crianças adoram."Porque é que os animais não conduzem?"



                                      VER AQUI 


BLIND DATE WITH A BOOK - Livro Mistério
Atividade desenvolvida com os alunos do 7.º ano.

terça-feira, 24 de março de 2020

sábado, 21 de março de 2020

sexta-feira, 13 de março de 2020




Na Semana da Leitura propusemos um desafio aos alunos do 5.º ano sobre a leitura da obra “Fernão de Magalhães- o circum navegador” de Luísa Ducla Soares, que os deixou empolgados.  
Após visualizarem o vídeo promocional do Escape Room, os alunos ficaram presos durante 50 numa sala virtual. Para conseguirem escapar tinham de decifrar 6 enigmas relacionados com a obra da autora e pôr à prova os conhecimentos, sendo o trabalho em equipa e a colaboração a chave para o sucesso da atividade.
O empenho e a concentração fez com que todos os alunos descobrissem o código secreto para abrir o cadeado da “liberdade.”

Eis as melhores pontuações
1º lugar - 100 pontos
Inês, Tiago e Petra - 5ºA;

2º lugar - 85 pontos
 Beatriz, Sara, Inês - 5º C;

3º lugar - 80 pontos
Inês, Sara e Valentina - 5ºE;
Maria Inês e Inês F - 5ºB;
Luana, Letícia e Maria João-  5ºD;
Joana M, Joana F. e Carolina - 5ºC;
Afonso, André, Leandro e Rafael - 5ºC. 

segunda-feira, 9 de março de 2020

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020




Entre os dias 10 e 14 de fevereiro desenvolveu-se na EB de Carrascal, Mire de Tibães, no âmbito do Projeto “À Roda dos Livros”, a atividade “Vamos comemorar a Semana dos Afetos”.
A afixação dos "Corações de Família", decorados pelos alunos e suas famílias, foi a atividade que envolveu elementos da comunidade educativa. Houve bastante adesão e criatividade!
 Foi apresentada a história “O novelo de emoções” de Elisabete Neves, a curta metragem “Os Entrelaçados” e ainda diversas músicas como: “Cinderela”, “Eu gosto de Ti” e “Para a vida toda.”

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

A Campanha "Miúdos a Votos" já começou!
As alunas Matilde, Leonor, Catarina e Lara do 6.º C defendem o livro "Gravity Falls" de Alex Hirsch e Rob Renzetti


vamos desvendar todos os segredos de gravity falls por matilde peixoto fernandes

domingo, 16 de fevereiro de 2020


As nossas monitoras em ação!

São onze os elementos que responderam à campanha lançada pela biblioteca em outubro. Nos intervalos e em horas que dispensam à biblioteca têm prestado um trabalho valioso, quer arrumado os livros nas estantes, quer fazendo empréstimos ou apoiando os colegas, cumprindo de forma muito responsável as tarefas do dia a dia. 

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020



   "O meu nome é Hazel. Tenho dezasseis anos. Tiroide com metástases nos pulmões. Estou bem. A hora prosseguiu a bom ritmo. Relataram-se combates, batalhas vencidas em guerras seguramente perdidas, as pessoas agarram-se à esperança...."
  "O jovem troiano Páris apaixona-se pela princesa gre­ga Helena, desencadeando uma guerra entre as duas nações. Um romance de proporções e conse­quências gigantescas. O texto é atribuído ao escritor grego Ho­mero, mas não há certeza sobre a sua existência de facto."
     "Na torre mais alta do castelo, estava Dulcineia num mundo triste e de dor. Além de solitária, ficava aprisionada e almejava ver os dragões que guardavam a entrada derrotados e ela livre. Aguardando o dia em que o seu amoroso e fiel cavaleiro apaixonado a resgataria."
    "O amor de ambos vai muito além da pieguice da disputa familiar, e após beberem uma poção mágica do amor, Isolda (prometida a Marcos, tio de Tristão) e ambos apaixonam-se e inicia-se uma série de desencontros, de uma amor capaz de escandalizar, e durar por toda a vida.

    "O amor entre Baltasar e Blimunda é um dos pontos que sustentam um dos mais elogiados romances de José Saramago. Ele é um soldado maneta, conhecido como “Sete-Sóis”; ela uma mulher que consegue ver o interior das pessoas e das coisas, a quem chamam de “Sete-Luas”. Conhecem-se num auto de fé promovido pela Inquisição e constroem a partir daí uma relação que sobrevive aos horrores da época."

       "O primeiro romance publicado por este conhecido autor dá-nos a conhecer um amor que se mantém vivo ao longo de anos, sobrevivendo a desencontros, desentendimentos e até a graves doenças. O tom sentimental da narrativa pode fazer com que Noah Calhoun e Allie Hamilton pareçam, à primeira vista, menos realistas do que outros casais desta lista. Foram, no entanto, baseados em pessoas reais: os sogros do próprio autor."

      "Certamente a tragédia mais famosa de Shakespeare, tornou-se uma história tão icónica que, de certa forma, superou Tristão e Isolda como casal símbolo do amor impossível. É inacreditável a quantidade de pessoas que se dececionam com essa história quando a leem, pois muitos esquecem-se de que ela é escrita como o roteiro de uma peça de teatro e não uma prosa corrida. O texto pode ser difícil para quem não está habituado a obras mais antigas (e põe antiga nisso), mas uma história imortal que jamais fica velha, mesmo passando-se num local e período histórico definidos.
"Guinevere é mulher do Rei Arthur. Lancelot, o chefe da cavalaria real. O amor proibido dos dois surge quando Lancelot visita o reino do pai de Guinevere para cogitar se sua filha seria digna de se sentar ao lado do Rei Arthur. Daí nasce o polémico amor que decreta a ruína de Camelot."
      "Um clássico da mitologia, onde o casal amoroso protagonista é possuidor de dois nomes raros em Portugal, mas que são bastante belos: Ulisses e Penélope."
"Muitos leitores adoram Maria Antonieta, mas poucos conhecem Josefina, imperatriz da França e esposa de Napoleão.
Josefina nasceu na Martinica, filha de grandes plantadores de cana de açúcar. De longe, ela sonhava com liberdade, Paris e Versailles. Um dia uma velha empregada leu sua mão e previu um futuro dourado, muita glória e fama.  O oráculo da velha empregada concretizou-se nos seus 32 anos quando ela encontrou pela primeira vez Napoleão."

     "Dois governantes famosos até hoje foram amantes fervorosos, o general Júlio César, de Roma, e a rainha Cleópatra, do Egito.
Cleópatra governava o Egito ao lado do seu irmão, Ptolomeu XIII. Enquanto Júlio César e Pompeu lutavam por poder em Roma, o mesmo acontecia entre os irmãos egípcios."

     "No curioso relacionamento entre Elizabeth e Mr. Darcy reside o principal foco de interesse desta clássica história de amor, uma das obras mais aclamadas da literatura inglesa. Ela começa por não lhe achar muita piada. Ele também não lhe acha muita piada a ela. Mas, à medida que o tempo passa, apercebem-se que se tornaram indispensáveis um ao outro."

"Se há estória de amor que tenha marcado a história de Portugal, é a do amor proibido entre o infante D. Pedro e Inês de Castro, dama de companhia da sua mulher D. Constança Manuel. Apesar do casamento, o Infante marcava encontros românticos com Inês nos jardins da Quinta das Lágrimas. Depois da morte de D. Constança em 1345, D. Pedro passou a viver maritalmente com Inês, o que acabou por afrontar o rei D. Afonso IV, seu pai, que condenava de forma veemente a ligação, e provocou forte reprovação da corte e do povo."




Estão de parabéns todos os alunos e alunas do 1.º, 2.º e 3.º ciclo que  ontem e hoje participaram na fase municipal do Concurso de Leitura,  em especial a Mara do 6.º ano e a Marisa do 7.º ano que, de forma brilhante, representaram a escola e foram vencedoras. Estão apuradas para a fase intermunicipal.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020


Dia Mundial da Leitura em Voz Alta


Os alunos e professores aceitaram o desafio proposto pelo Plano Nacional de Leitura e partilham as suas leituras.
Clicar AQUI para conhecer as leituras dos alunos.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Livro do mês  de fevereiro.

Livro de uma coleção de livros vencedores das várias edições  do Prémio de Literatura Infantil do Pingo Doce oferecidos à Biblioteca Escolar pelo  Plano Nacional de Leitura e o Pingo Doce.  

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019




Na semana dedicada à  Ciência e Tecnologia, a Biblioteca propôs aos alunos a atividade "Quem sou eu?" O objetivo era descobrir, a partir de imagens, o nome do cientista ou inventor,  relacionar com o aspeto pelo qual ficou conhecido e ordenar no placard.  

quinta-feira, 21 de novembro de 2019





"A magia do pequeno almoço" pelo olhar e o sentir das crianças.

Na sequência da comemoração do Dia Mundial da Alimentação, as crianças do JI do Centro Escolar de Merelim S. Pedro exploraram a história em sala de aula e ilustraram os momentos mágicos de um pequeno almoço saudável. 

sexta-feira, 15 de novembro de 2019


Oficina de ilustração pela ilustradora Susana Carvalhinhos promovido pelo Município de Braga e inserido na  IV edição do ‘Braga em Risco – Encontro de Ilustração’.

terça-feira, 12 de novembro de 2019




Concurso de marcadores

Turma 3/4 Padim da Graça
Alunos da EB 1 de Carrascal

sexta-feira, 8 de novembro de 2019



Perseguindo o sonho de montar uma biblioteca na escola básica do Carrascal...

No âmbito do Projeto "À Roda dos Livros" alunos, pais e professoras comemoraram no dia 28 de outubro o Dia Internacinal das Bibliotecas Escolares". Todos participaram com entusiasmo em todas as atividades que foram muitas:
Visualização da curta metragem, vencedora de um Óscar em 2012 " Os Fantásticos Livros Voadores do Sr. Lessmore"; 
Leitura de poemas;
Canção "O livro é um amigo";
Mural de acrósticos: biblioteca, leitura e livro;
Mesas de Leitura;
Escrita de frases no painel pelos alunos e pais;
Desenhos alusivos ao filme; 
Pedido de oferta de livros para a nossa biblioteca;
Distribuição de panfleto com informações importantes sobre a biblioteca e a leitura;
Distribuição de marcadores de livros.